Cura Dente
 
 
 

Qual a melhor substância para se usar – goma de mascar com xilitol, pastilhas/doce com xilitol ou simplesmente açúcar de xilitol (pó)?

Já que o xilitol é o único ingrediente verdadeiramente ativo e eficaz, a seguinte regra é válida: quanto mais longo o tempo e quanto mais abrangente forem banhados a boca e os dentes – incluindo os interstícios - com xilitol, melhor e mais completo será o efeito.

Isso significa que o ganhador é

o açúcar de xilitol, mais precisamente o pó de xilitol.

Os pontos positivos do açúcar/pó de xilitol:

O xilitol puro é relativamente (de longe, na frente) o mais barato e mais eficiente dos produtos análogos. Sua dosagem pode ser facilmente ajustada às necessidades e requisitos de alguém. Quando se enxágua a boca com xilitol, ele se distribui muito bem na cavidade oral, onde permanece por tempo longo e por conseguinte possibilita contato prolongado tanto com os dentes como com as gengivas (o que é o segredo principal de sua eficácia!). Tudo isso mostra que toda a probabilidade é de que o xilitol, em sua forma pura, oferece os resultados mais rápidos e mais abrangentes, quanto à melhor saúde dental.

Os pontos negativos do açúcar/pó de xilitol:

Pode-se considerar o fato de que açúcar em pó não vem pré-quantificado/proporcionado, assim, um pouco mais de tempo pode ser necessário para lidar com ele. Passageiros aéreos que carregam xilitol em pó devem considerar relevante que um pó de tal brancura suspeita poderá não passar pelos controles de segurança dos aeroportos. (compare Posso levar xilitol ou produtos com xilitol comigo, em viagens aéreas?).

Gomas de mascar com xilitol (use apenas aquelas 100% adoçadas com xilitol)

Os pontos positivos das gomas de mascar com xilitol

São práticas para usar, armazenar e transportar, fáceis de lidar, têm sabor agradável e, como demonstrado em numerosos estudos desde os anos 1970, elas funcionam bem (compare - em inglês - Xylitol studies).

Os pontos negativos das gomas de mascar com xilitol

Muito caras, embalagem muito desperdiçadora (excesso de plástico,etc) e, assim, não apenas ruim para o meio-ambiente, mas também para as ruas pavimentadas; as pastilhas individuais são pequenas, segundo minha experiência, de sorte que várias devem ser postas na boca, apenas para "aprender qual a quantidade ideal". Também há o fato de que as gomas de mascar contêm muito pouco xilitol (um máximo de 1g por pastilha, segundo pude perceber). Quando se mastiga a(s) goma(s), a mistura de saliva com xilitol é tipicamente engolida rapidamente, de modo que as gengivas e dentes não são banhados por muito tempo, assim diminuindo o efeito benéfico do xilitol.

Como mencionado acima, isso não acontece quando o açúcar ou pó de xilitol (como no caso do gel e pastilhas de xilitol) São usados, já que com essas substâncias ou produtos o xilitol permanecerá em contato por mais tempo, na cavidade oral. Também não são os aditivos (como aromas artificiais, cera de abelhas, lecitina de soja, etc), que se presume encontrar com frequência em gomas de mascar, um ponto positivo, inclusive para pessoas que sofrem de alergias.

A última observação, mas longe de ser a menos importante: já que a goma de mascar aumenta a liberação de mercúrio de qualquer amálgama que você tenha na boca, as gomas de mascar não devem ser usadas, de modo algum, por pessoas que tenham amálgamas.2

Pastilhas de xilitol (à venda, também podem ser feitas em casa)

Práticas para usar, armazenar e transportar, fáceis de lidar.

Gel de xilitol (novo produto, talvez não facilmente encontrado fora da Alemanha)

Fáceis de usar e transportar, particularmente ideal para pessoas com necessidade de ajuda/com deficiências, incapazes de cuidarem de seu próprios dentes (compare O açúcar xilitol: mais usos para a higiene dental e outras finalidades).

Que dizer de produtos que contêm tanto o xilitol como vários outros tipos de açúcar?

Já que a sucrose (sacarose, açúcar comum de mesa) e os carboidratos correlatos são considerados altamente cariogênicos, a mistura de xilitol com sucrose faz pouco sentido.

Em experimentos com animais (cujos resultados não são necessariamente transferíveis aos seres humanos)1, o xilitol mostrou-se eficaz contra cáries, até mesmo quando adicionados a a alimentos altamente cariogênicos que contêm açúcar, como o amido.

Para dentes cariados, o uso de xilitol em forma pura ainda parece ser a melhor escolha. Onde outros tipos de carboidratos devam ser acrescentados, pode-se escolher maltitol e xarope de maltitol, eritritol como também pequenas quantidades de sorbitol, especialmente as substâncias a ele relacionadas. Os estudos realizados até essa data, entretanto, sugerem que para a profilaxia da cárie, os produtos com 100% de xilitol são superiores àqueles que contêm sorbitol.

Quando se usa o xilitol “dosando-o com uma colher de chá”, ele funcionará até quando combinado com o açúcar de mesa cariogênico, veja Se eu não escovar meus dentes após comer doces, mas simplesmente jogar meia colher de chá de xilitol na boca, por que deveria isso funcionar?. Compare também - em inglês - Best tooth-friendly sugar substitutes [Melhores substitutos de açúcar para os dentes].

Por quanto tempo devo expor minha boca e dentes ao xilitol?

Não há uma regra restrita quanto a esse assunto e até mesmo um minuto parece ajudar muito. Entretanto, períodos mais longos de exposição ao xilitol podem trazer resultados fantásticos, tais como dentes tão lisos como porcelana, dissensibilização de colos dentários previamente sensíveis, redução de placa, etc. (Um rápido lembrete aqui: ao enxaguar sua boca com água, logo após o uso de xilitol, você estará enfraquecendo significativamente a eficácia do xilitol.)

Qual o modo mais simples de tratar meus dentes com xilitol?

Se houver recurso financeiro disponível, então o uso de pastilhas ou gel de xilitol é o mais fácil (embora, realmente, o trabalho de se usar “diretamente” o açúcar de xilitol, ao invés de pastilhas ou gel vale mais do que se possa mencionar). Se, por razões de ordem social, você não puder encontrar um momento para enxaguar sua boca com xilitol, onde você se encontra (como no local de trabalho), então naturalmente que a pastilha de xilitol é melhor.

É mais eficiente chupar/enxaguar a boca com xilitol ou escovar os dentes com ele?

Ao usar a saliva saturada com xilitol, como pasta dental para se escovar os dentes, o efeito higienizador dentário do xilitol é grandemente aumentado.

Após o uso do xilitol, devo também usar pasta dental?

Isso faz pouco sentido.

Posso esquecer da pasta de dentes (ou até mesmo da escova de dentes) e apenas usar xilitol para prevenir cáries e cuidar de minha boca?

Sim, o xilitol pode realmente ser suficiente por si mesmo (dito isso, o uso diário o fio dental é recomendado para remover partículas de alimentos que ficam presas entre os dentes).

Uma escova de dentes apenas possibilita chegar a uma parte de toda a superfície dos dentes (em verdade, segundo a revista alemã Stiftung Warentest, 40% de toda a superfície dental é localizada entre os dentes) e dificilmente é usada para limpar as gengivas ou a língua. Mas o xilitol atinge e “lava” uma boa parte da cavidade oral quando você faz um “ ciclo de enxaguadura” de vários minutos, assim ele eficazmente inibe a formação de placa cariogênica em toda sua boca.

Se você também interromper o uso da escova de dentes, entretanto, poderá ocasionalmente observar deselegantes, mas inofensivas, camadas de cor marrom claro sobre seus dentes. Elas são removidas com uma escova de dentes para escovar e retirar a mistura saliva-xilitol completamente da superfície de seus dentes. Se sentir saudade do sabor de hortelã de sua pasta dental normal, simplesmente adicione uma gota de óleo essencial de hortelã (use orgânico, se possível) ao seu xilitol.

Se eu não escovar meus dentes após comer doces, mas simplesmente jogar meia colher de chá de xilitol na boca, por que deveria isso funcionar?

Embora seja correto que o açúcar de mesa continue em sua boca, surpreendentemente o xilitol frequentemente trabalha por si mesmo, i.e. Mesmo sem escovar seus dentes (a principal razão sendo sua habilidade de inibir certas enzimas, veja três benefícios extraordinários do xilitol). Quando há doces em sua boca, as bactérias irão consumi-los. Mas quando há xilitol simultaneamente presente e que as bactérias não conseguem distinguir do açúcar normal, ao ingeri-lo, muitas delas serão mortas, assim diminuindo a produção de perigosos ácidos e portanto, o risco de cárie dentária. O xilitol também estimula fortemente a produção de saliva, que exerce um efeito higienizador adicional para seus dentes, bem separado de qualquer outro efeito higienizador "X" que o xilitol obviamente possui também, mas que até o presente não foi pesquisado. Como se descreve no texto três benefícios extraordinários do xilitol, ao ingerir açúcar de mesa, é recomendável conservar a concentração de xilitol alta em sua boca.3

Posso usar o xilitol, logo após uma refeição ou devo esperar 30 minutos antes de escovar meus dentes (como quando se come alguma coisa amarga, para evitar danificar o esmalte)?

Em verdade, é vantagem usar o xilitol logo após uma refeição, por duas razões.

1. Por um lado, o xilitol estimula fortemente a produção de saliva e seu fluxo, e componentes de saliva (saudável) oriundos do alimento ingerido irão neutralizar quaisquer ácidos presentes e remineralizar os dentes cujos superfície foi ligeiramente causticada e, quando mais cedo após a refeição for o xilitol tomado, tanto mais eficiente será esse processo (compare Remineralização & desmineralização dentárias, saliva & pH).

2. O xilitol inibe a atividade de bactérias produtoras de ácido. É geralmente correto que se deva esperar após ingerir alimentos ácidos, antes de escovar seus dentes, já que a superfície dental estará ligeiramente amolecida pelo ácido, de sorte que o escovamento de seus dentes, de imediato, retiraria também algum esmalte. Enquanto você espera o tempo recomendado, crê-se que componentes da saliva devam reendurecer a superfície do esmalte.

Esse processo, no entanto, pode ser acelerado com o uso do xilitol. Nesse caso, deve-se idealmente começar com apenas um enxaguadura com xilitol e, se possível e fácil, talvez segui-lo, 1 ou 2 minutos depois, usando a escova de dentes para distribuir bem a mistura saliva-xilitol sobre os dentes.

Pode o xilitol ser usado até mesmo com cáries dentárias ativas (grandes lesões cariadas, abertas)?

Os experimentos realizados até hoje têm mostrado que o xilitol leva a uma redução nas populações de bactérias. Em outras palavras, até onde sabemos hoje, não há bactérias cujo crescimento seja encorajado se alimentando de xilitol. A única observação com relação a inflamações é que elas foram reduzidas.

Devo escovar meus dentes apenas 5 minutos após enxaguadura com xilitol ou imediatamente?

Em nossa experiência, uma coisa é tão boa quanto a outra.

Notas de pé de página

1 Por favor esteja ciente de que CuraDente.com não apóia experimentação com animais. Muitas razões para isso estão sendo discutidas, por exemplo, nos sítios: Animal Experimentation Unscientific [Experimentação animal não é científica], On Differences Between Species [Sobre as Diferenças entre Espécies], Better Science: Benefits of Using Non-Animal Tests [Melhor Ciência: Benefícios dos Testes Realizados Sem Animais], The Harms to Humans from Animal Experimentation [Malefícios aos Humanos Decorrentes da Experimentação Animal] e Better Science: Limitations of Animal Tests [Melhor Ciência: Limitações dos Testes com Animais].

2 Compare [link em inglês] On the dangers of amalgam fillings.

3 Esteja ciente, entretanto, que mesmo usando xilitol após o consumo de açúcar não irá prevenir o efeito sistêmico da ingestão de sucrose concentrada no fluxo do fluido dentinal.

4 Compare [link em inglês] Tooth-friendly sugar replacements.

Mais sobre cuidados dentários & higiene oral naturais e não-tóxicas

 
Copyright © 2021 CuraDente.com. Todos os Direitos Reservados.