Cura Dente
 
 
 

Além dessas doenças (envolvendo por exemplo o sistema cardíaco e circulatório, as juntas [artrite e reumatismo] como também o cérebro e sistema nervoso), há efeitos de saúde mais imediatos (inclusive morte) que alguns pacientes têm vivenciado (ou poderão vivenciar) após um tratamento de canal, principalmente devido à negligência ou incompetência do dentista que realiza o procedimento. Tais efeitos adversos incluem, por exemplo:

Infecções ameaçadoras à vida, com resultados irreversíveis

Segundo um relatório publicado, oito de tais infecções resultaram de abscessos no cérebro ou osteomielite. A metade desses pacientes morreu, enquanto que a outra metade teve dano cerebral irreversível.1

Outro caso que envolve uma criança é relatado abaixo.

Menina de 3 anos de idade morreu após sofrer massivo dano cerebral durante tratamento de canal

No dia 3 de janeiro de 2014, uma menina chamada Finley Boyle morreu após cair em coma durante uma visita em 3 de dezembro de 2013 ao consultório de um dentista no Havaí, que propôs realizar quatro tratamentos de canal no mesmo dia. A paciente recebeu altas doses de cinco drogas diferentes para sedação e sofreu ataque cardíaco, aparentemente sem que ninguém administrasse RCP ou monitorasse seus níveis de oxigênio (que permaneceram sem monitoração durante 26 minutos, ao invés a cada cinco minutos), o que levou a um grave dano cerebral. Uma ação judicial por negligência e conduta perigosa foi protocolada pelos pais.

Perfurações de vários tecidos dentários

Pacientes tiveram dano a nervo e perfurações de seios nasais e de outros tecidos em razão de procedimentos endodônticos.

Embolismos aéreos

Soprar ar comprimido em canais de raiz dentária abertos (resultando em embolias) pode causar a morte de pacientes.

Instrumentos quebrados deixados nos canais de raízes dentárias

Isso foi devido, por exemplo, ao uso impróprio do implemento, à excessiva reutilização do mesmo instrumento ou à força excessiva aplicada durante o tratamento de canal. Um relatório conta sobre uma fístula que se formou na mandíbula de um homem após tratamento de canal, com o dentista afirmando que era comum que um minúsculo pedaço de broca ficasse para trás.

Deglutição acidental de instrumento endodôntico

Embora o instrumento possa passar naturalmente pelo trato digestivo, o uso de um protetor de borracha teria evitado que esse tipo de acidente ocorresse.

Infecções que exigem hospitalização

têm ocorrido após procedimentos endodônticos.

Uma das “piores experiências”

Um visitante do site relatou que a única vez que se submeteu a tratamento de canal, embora a anestesia funcionasse bem, ele ainda sentiu como se estivesse vivenciando uma invasão não autorizada e não desejada do seu ser, fazendo com se sentisse miserável durante dois dias até que o sentimento vagarosamente se esvaiu, deixando uma impressão traumática.

Reparo

Embora de modo geral, a maioria das consequências citadas acima se refiram a apenas uma pequena minoria de pacientes que se submetem a tratamento de canal, elas são sérias o suficiente para garantir o seu relato. E espera-se que esse relato deterá que muito mais pessoas permitam que um dentista realize esse procedimento, que tem mostrado ser a causa de numerosos problemas de saúde em muitos.

Notas de pé de página

1 Veja www.dentistryiq.com/articles/wdj/print/volume-2/issue-8/you-and-your-practice/a-review-of-dental-negligence.html .

Artigos relacionados

 
Copyright © 2020 CuraDente.com. Todos os Direitos Reservados.