Cura Dente
 
 
 

Sugestões quanto ao uso de óleos essenciais
O melhor tipo de óleo essencial para se usar
Lista de alguns óleos essenciais que podem ser úteis
Podem os óleos essenciais ser perigosos?
Os óleos essenciais de lavanda e melaleuca são estrogênicos?
Óleos essenciais e homeopatia

Sugestões quanto ao uso de óleos essenciais

Já que os óleos essenciais não são solúveis em água, pode-se misturá-los com álcool, usando cerca de 10 gotas de óleo essencial em 50 ml de álcool. Se assim o desejar, adicione algumas gotas da mistura a um copo d’água, como parte de sua rotina diária de lavagem bucal.

Outra sugestão é não usar óleos essenciais diretamente, mas diluídos com óleo como o de oliva, de gergelim, etc.

Pessoalmente uso óleos essenciais diretamente e não diluídos para obter efeito antisséptico máximo, ao por uma ou duas gotas diretamente sobre qualquer área preocupante.
Para se proteger ao máximo, não ingira óleos essenciais não diluídos.

Qual o melhor tipo de óleo essencial para se usar

Antes de adquirir quaisquer óleos essenciais, pesquise sobre sua origem e método de produção. Evite óleos extraídos de plantas tratadas com pesticidas, que foram cortadas com o auxílio de substâncias altamente tóxicas, etc. Se de todo possível, eu usaria apenas óleos essenciais com qualidade orgânica terapêutica, extraídos a frio.

Podem os óleos essenciais ser perigosos?

Veja conselho geral e considerações iniciais do CuraDente com relação ao uso de remédios a base de ervas e similares, oriundos da natureza e Qual o melhor tipo de óleo essencial para se usar acima.

Geralmente, é aconselhável a nunca usar óleos essenciais de forte aroma (e.g. óleo de hortelã) topicamente em crianças de pouca idade próximo à passagem de ar e área geral dos pulmões. Em razão de sua maior sensibilidade, elas poderão reagir e.g. com espasmo brônquico e até apneia (pausa da respiração).

Algumas pessoas podem não tolerar algum dos óleos essenciais em particular. Antes de usá-lo,assegure-se de se informar sobre contraindicações em potencial (mas tenha cuidado em não se deixar levar por propaganda da indústria farmacêutica).

Os óleos essenciais de lavanda e melaleuca são estrogênicos?

Não. Veja explicação detalhada em inglês aqui.

Óleos essenciais e homeopatia

Não use óleos essenciais quando estiver tomando remédios homeopáticos.1

Cuidados bucais e dentais, desinfecção e cura de gengivas:
lista de alguns óleos essenciais que podem ser úteis

Óleo de melaleuca (Melaleuca alternifolia)

Antimicrobiano & anti-inflamatório, o óleo de melaleuca pode ser um poderoso analgésico dental e deve auxiliar a matar micro-organismos infecciosos. Testes clínicos em seres humanos confirmaram sua atividade antibacteriana, antifúngica, antiviral e antiprotozoária sob condições controladas, demonstrando que o óleo de melaleuca reduz eficazmente a carga bacteriana e infecções micóticas, como também trata infecções viróticas (incl. herpes labialis), e alivia os sintomas de gengivite e aqueles da estomatite da dentadura (inflamação da boca).

Uma aplicação sugerida recomenda lavagens bucais diárias usando 3 ou 4 gotas de óleo de melaleuca em 90 ml de água para evitar a infecção associada com gengivas recrudescentes. Pessoalmente, eu aplico o óleo diretamente nas áreas com problemas dentais (para a sua maior segurança, o melhor é evitar engolir) [embora eu pessoalmente o tenha repetidamente feito quando usando “superdosagem”, já que isso provoca ensalivamento, mas recomendo expressamente que você deva, ao contrário, seguir o conselho dos especialistas.]

Advertência:não use óleo de melaleuca em gatos e alguns outros animais, entretanto, já que ele pode ser altamente tóxico para eles.2

Veja também Os óleos essenciais de lavanda e melaleuca são estrogênicos?.

Óleo essencial de alecrim

Segundo a Pharmacopoea Europaea [Farmacopéia Européia] oficial, o óleo essencial de alecrim apresenta atividade antimicrobiana contra numerosas bactérias, fermentos e fungos e aumenta a circulação dérmica. Ele pode ser usado tanto topicamente (em solução a 6-10 porcento) e internamente 3–4 gotas sobre açúcar ou em chá quente.

Atualmente uso gotas diariamente durante a extração a óleo e escovação dentária e aplico-o topicamente sobre dentes e gengivas, à noite. Ele tem um aroma maravilhoso de Wick Vaporub :-). Nota: pode ser sábio abster-se dele, quando grávida.

Óleo essencial de tomilho (Thymus vulgaris)

O óleo essencial de tomilho contém até 54% de timol, um composto com atividade antimicrobiana e antibacteriana que constitui o principal ingrediente ativo da Listerina e enxaguantes antissépticos similares.

Óleo essencial de limão

As propriedades do óleo essencial de limão incluem ser ele estimulante, calmante, anti-infeccioso, desintoxicante, antisséptico, desinfetante, antifúngico, adstringente, etc. Melhora a formação de tecido gengival.

(Novamente, tenha cuidado com produtos convencionais que provavelmente significam que a fruta foi tratada com pesticidas.)

Óleo essencial de cipreste

As propriedades terapêuticas do óleo de cipreste são descritas como adstringente, antisséptico, hemostático, vasoconstritor, etc. Para gengivas em sangramento.

Óleo essencial de eucalipto

As propriedades medicinais relatadas incluem ser anti-inflamatório, descongestionante, antisséptico, antibacteriano, estimulante, etc.

O estudo aleatório de caso duplo-cego "Chewing Gum Supplemented with Eucalyptus Extract May Improve Periodontal Health" publicada em The Journal of Periodontology (2008) chegou à conclusão de que “o uso da goma de mascar com extrato de eucalipto pode promover a saúde periodontal" (English abstract: www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18672986). Sugestão: misture o óleo de pureza medicinal com um portador como o óleo de sementes de uva ou de amêndoa e massageie as gengivas afetadas com doença periodontal.

O estudo aleatório de caso duplo-cego chegou à conclusão de que “o uso da goma de mascar com extrato de eucalipto pode promover a saúde periodontal" Sugestão: misture o óleo de pureza medicinal com um portador como o óleo de sementes de uva ou de amêndoa e massageie as gengivas afetadas com doença periodontal.  

Óleo essencial de Melaleuca leucadendra (et al.)

Aumenta a formação de tecido (com gengivas a retrocederem/piorreia)

Óleo essencial da lavanda (Lavandula angustifolia et al.)

Melhora a circulação do sangue e a formação de tecido (e tem excelente aroma).

Óleo essencial de camomila

Descrito como antisséptico, antibiótico, antiflogístico, analgésico, bactericida, anti-inflamatório, etc. Melhora a formação de tecido gengival.

Óleo essencial do cravo-da-índia (extraído do Syzygium aromaticum)

As propriedades do óleo essencial de incluem ser ele antibacteriano, antisséptico, estimulante, atua como um fungicida e inseticida natural, um poderoso desinfectante e um anestésico local. Para mais informações, veja óleo de cravo da india para dor de dente, incluindo efeitos colaterais potenciais.

Para muitos testemunhos dramáticos sobre a cura natural de gengivas, veja também Obturações com amálgama de mercúrio causam doença da gengiva (gengivite, periodontite)Fortalecendo dentes e gengivas com ervasExperiências & Testemunhos Pessoais e (em inglês) On psychological issues creating gum disease e Commercial herbal and similar products that may help teeth and/or gum problems.

Notas de pé de página

1 Veja "Antídotos" aos remédios homeopáticos: fatores interferentes para se ter ciência e evitar.

2 Um bom exemplo de como espécies diferentes reagem muito diferentemente à mesma substância, e um importante argumento contra a experimentação em animais (veja em inglês animal experimentation).

Remédios naturais, holísticos & caseiros para dor de dente & outros problemas dentais

 
Copyright © 2021 CuraDente.com. Todos os Direitos Reservados.