Cura Dente
 
 
 

Esteja ciente de que os dentistas vendem serviços de cirurgia oral

Primeiramente, dentistas não são médicos mas cirurgiões. Enquanto que a língua francesa deixa isso muito claro ("cirurgião-dentista"), o inglês1, o alemão e outras línguas escondem esse fato. Normalmente um cirurgião não tentará convencê-lo a tentar curar seu órgão “deficiente” por si mesmo mas dirá que você necessita da faca dele (aqui: broca) para melhorar.

Os dentistas necessitam e querem ganhar dinheiro

Equipar plenamente um consultório dentário (cirurgia) é caro e o investimento realizado tem de ser recuperado de volta com a renda oriunda do tratamento de pacientes. Além disso, a odontologia pode ser extremamente lucrativa e alguns dentistas tentarão “aproveitar ao máximo” a oportunidade. Para lhe dar uma ideia do tipo de atitude mental que poderá encontrar: o repórter William Ecenbarger que fez reveladora pesquisa sobre a qualidade e honestidade dos dentistas americanos usando a si mesmo como uma cobaia, cita um jornal que presta consultoria de dentistas sobre seus negócios: “Tem-se de vender DUAS VEZES aos pacientes – no consultório e quando eles regressam à casa.” 

Esteja ciente de que há dentistas desonestos e incompetentes

Para não ser muito drástico (e seguindo o que precede), nem todo dentista (o mesmo se aplica a outros cirurgiões e/ou médicos) tem no coração os melhores interesses do paciente. Eles provavelmente não lhe dirão sobre as maneiras que lhe permitirão realmente ajudá-lo – um exemplo claro é o “silêncio ensurdecedor” acerca do xilitol (veja, por exemplo, esse comentário de um dentista alemão sobre o assunto do xilitol contra cáries dentárias) - e eles poderão tentar e persuadir você a aceitar restauração cara e desnecessária e outros trabalhos dentários. Veja uma cobertura extensa do assunto de desonestidade, tratamento exagerado e diagnósticos equivocados em Dez dentistas, dez diagnósticosO plano de tratamento e diagnóstico do seu dentista...honesto e duplicável ou influenciado por interesses financeiros? como também os numerosos exemplos "escondidos" nas seções Testemunhos naturais e Testemunhos convencionais de CuraDente.com.

Esteja ciente de dentistas alternativos/holísticos incompetentes

Alguns auto-denominados “peritos” em odontologia não-convencional podem causar e causaram dano (adicional), ver a página sobre a matéria de CuraDente.

Dicas de como encontrar um bom dentista para remoção dos riscos do mercúrio, cavitação e outros riscos dentários

Veja as organizações e indivíduos listados em inglês em Mercury-free and/or holistic dentistry [Odontologia holística e/ou livre de mercúrio]. Todas elas deverão ter condições de informá-lo sobre endereços de dentistas qualificados.

Dicas de como encontrar um “bom” dentista para fins genéricos

1 Vá a uma faculdade de odontologia e seja tratado por um estudante

Embora estudantes matriculados numa faculdade de odontologia possam (e possivelmente o farão ocasionalmente) cometer enganos, não são motivados pelo lucro. Seu interesse primordial é realizar o melhor trabalho possível. Em outras palavras, eles levarão um bom tempo para examinar com cuidado seus dentes, eles somente realizarão tratamentos que seus instrutores (assalariados e, portanto igualmente desinteressados, financeiramente) aprovem e eles o farão com extremo cuidado. O que não farão é apressar (e assim estragar) um trabalho, tentar tratamentos desnecessários e/ou vender a você procedimentos suplementares lucrativos, etc. Você também deverá pagar menos.

2 Encontre um dentista iniciante ou talvez ainda melhor, um dentista que emprega um iniciante

Um raciocínio similar pode ser aplicado nesse cenário. "Ansioso para agradar" tal dentista terá menos inclinação para apenas tentar tirar vantagem. Um exemplo: uma amiga minha teve vários “meio-vernizes” colocados em seus dentes frontais desde que o esmalte começou a cair. Todas essas obturações caíram pouco tempo depois e tiveram de ser substituídas, cada vez com mais do esmalte saudável sendo removido – até que ela teve um deles colocado por um iniciante, que teve extremo cuidado e orgulho em meticulosamente aplicar o verniz. Isso ocorreu há 30 anos e o 'meio-verniz” ainda continua forte, enquanto que os outros três, ou já se quebraram há bastante tempo (e então não mais foram substituídos) ou se romperam em lascas.

3 Pergunte a seus amigos que já tiveram muita experiência com dentistas diferentes.

Esse conselho muito valioso foi publicado num blog publicado em francês. Seu autor (idade 50+) tinha estado muito contente com seu dentista durante cerca de 20 anos até que um trabalho “diferente do normal” foi realizado em sua boca (uma coroa2 que não se ajustou bem) que ao longo de vários anos o levou a se sentir, ao final, com pensamentos suicidas! As causas de sua angústia eram desconforto ou dor quase constantes, a inabilidade para dormir (sua boca não podia fechar) e seu dentista original sem admitir qualquer falta, muito menos reparando o trabalho enquanto que depreciava seus problemas e insinuando que tudo estava em sua cabeça (ele estava certo, naturalmente, mas não na maneira que quis significar). Após esse sofrimento longo desse paciente muito paciente foram necessárias muitas visitas a outros dentistas antes que anos depois, ele foi ajudado de uma forma concreta.

Então essa “vítima da odontologia” aconselha o seguinte: se quiser encontrar um bom dentista, peça conselho a uma pessoa com mais de 50 anos ou, de algum modo, alguém que tenha tido muita experiência com dentistas. Durante os primeiros 20 anos de tratamento com o dentista que depois lhe causou tanto sofrimento e dano, esse homem recomendaria de coração esse dentista! Interessantemente e de forma reveladora, o autor do blog não divulga o(s) nome(s) do(s) envolvido(s), por medo de represálias.

Se, por qualquer razão deseje ou necessite de consultar um dentista (por favor separe um tempo para aprender sobre alguns dos riscos, danos e perigos, como também as numerosas razões para se evitar tratamento dentário invasivo convencional em Perfuração & obturação de dentes: uma escolha imprudente? como também na completa seção Convencional desse sítio, antes); se possível, obtenha mais de um diagnóstico – a julgar pelas descobertas experimentais de William Ecenbarger3, você necessitaria de cinco opiniões para ter uma chance de ter uma adequada.

4 Uma vez tenha um dentista específico em mente, procure encontrar relatos de pacientes sobre seu trabalho, online.

Há vários fóruns online que permitem que consumidores postem relatos de produtos e/ou serviços. Para saber mais sobre a qualidade do dentista que você pretende visitar, verifique se há relatos de pacientes sobre seus trabalhos postados na Internet (tais como vários sites de proteção ao consumidor).

Notas de pé-de-página

1 a não ser que você esteja ciente de que o DDS (sigla oriunda da expressão inglesa), anexado após o nome de um dentista signifique Doutor em Cirurgia Dentária.

2 O uso de coroas dentárias poderá matar os dentes, veja Riscos da colocação de coroas.

Links patrocinados

Sobre o arsenal terapêutico da moderna odontologia

 
Copyright © 2017 CuraDente.com. Todos os Direitos Reservados.